Botão Retonar.png
Botão_Fotos.png
Botão_Ficha.png

Levantar a bandeira prol da ecologia torna-se cada vez mais uma proposição de responsabilidade social e educação cidadã. A companhia KHAOS Cênica há muito tempo tem refletido sobre sua responsabilidade em provocar a reflexão de temas verdes através da arte, em especial da água. Se o ser humano é feito de 70% de água, aproximadamente, trazer isto a cena nos pareceu bastante pertinente.

Conta Gota surgiu desta inquietação, contudo, não queríamos um espetáculo panfletário ou recheado de didatismos, queríamos aproximar o espectador através do sensível, da arte. Logo, ao desenvolvermos nosso enredo vislumbramos que o universo que estávamos adentrando era cheio de possibilidades permitindo que abordássemos temas contemporâneos como não violência, relacionamentos abusivos, empoderamento feminino, e questões existenciais como “qual meu papel no mundo?”, tendo como norte a questão ecológica.

Na trama do espetáculo temos duas gotas caindo em um dia de chuva: Chuvisco, aventureiro e imprudente, e Espirro, assustado e cauteloso. Após uma rajada de vento Chuvisco é mandado pra parte sul do rio, local onde tem se falado de histórias terríveis de contaminação. Espirro que fica sozinho inicia sua jornada em busca do resgate do amigo criando alguns amigos e enfrentando perigos, superando suas inseguranças e desenvolvendo-se como um herói.

A peça apresenta a construção de Espirro como uma gota frágil e duvidosa, que se fortalece diante de sua Odisseia no rio e descobre que não deve ficar inerte diante das adversidades, e trilhando um caminho de auto-superação, sempre como amor e empatia.

Esta história ecológica é um pequeno conto que opera no imaginário infantil e reflete junto com os seus pequenos espectadores sobre sensível jornada sobre solidariedade e identificação com o próximo.