A Companhia KHAOS Cênica surgiu em 2010 a partir da perspectiva das artes cênicas como um sistema complexo e dinâmico no qual o resultado final pode sofrer influência da mais simples ação ou interação dos elementos que o constituem. É teoria do caos resignificada no trabalho artístico. Partindo desses pressupostos teóricos a Companhia focou o seu trabalho sobre as relações do homem com a sociedade, comprometendo o artista com sua construção ideológica ética e reflexiva.

Tais questões levaram a pesquisa cênica por diferentes paradigmas. Neste âmbito foram levantadas questões mais profundas na atual conjuntura social, percebendo, através da recepção de seus espectadores, o impacto para suscitar debates sobre distintos aspectos das diversas problemáticas contemporâneas.

O trabalho da Companhia, configurou sua poética de trabalho de forma transdisciplinar atuando no teatro, dança, circo, teatro de formas animadas, audiovisual e música. Agregando em suas as criações diferentes suportes artísticos, a companhia encontrou a cosmogonia de sua voz, caótica e pulsante.

Em 2010 a Companhia recebeu o financiamento do FUMPROARTE, criando e produzindo através dele o espetáculo de dança "Sereia, Bailarina das águas”, com concepção de Lauren Hartz, o qual teve estreia em Porto Alegre em 2011 e indicação ao prêmio açorianos por melhor produção e ganhou prêmio açorianos de melhor figurino.

Em 2013 a KHAOS Cênica foi contemplada com o Prêmio Myriam Muniz da FUNARTE para montagem do espetáculo de teatro de rua "O Inspetor Geral", adaptado da obra do ucraniano Gogol, com direção de Carlos Mödinger e concepção de Denisson Beretta Gargione. Em 2015 o espetáculo circulou pelo Brasil participando de diversos festivais.

Em 2014 a Companhia recebeu o financiamento do FUMPROARTE para montagem do espetáculo de dança "Rubro-Almodóvar", inspirado na obra do cineasta Pedro Almodóvar, que teve sua estreia em Porto Alegre em 2016. O trabalho uniu dança e audiovisual com cenas inspiradas em grandes filmes do cineasta espanhol Pedro Almodóvar.

Em 2015 a KHAOS Cênica foi contemplada pelo Prêmio Empreendedor Cultural da AES Sul pelo projeto “O Circo Chegou: El grand Scaramouche”. Este espetáculo teatro e circo, estreou em 2016, circulando por inúmeras cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Em cena, o picadeiro criado busca resgatar a atmosfera lúdica dos antigos circos, em uma celebração à imaginação e ao sonho.

Em 2016 a companhia reforçou seus os laços com a cidade de Montenegro (RS) com a inauguração da KHAOS Cênica Estúdio de Dança, espaço para oficinas culturais e artísticas, focando, principalmente, na dança como instrumento para empoderamento de mulheres e meninas.

Em 2017 a KHAOS Cênica foi contemplada pela 3º Edição do Premio Empreendedor Cultural com patrocínio da RGE Sul para a criação do espetáculo de dança “Horizonte de Neon”, espetáculo realizado na rua e à noite, cujos bailarinos tem em seus figurinos as roupas compostas por leds.

Em 2018, atenta com a pauta ecológica, a companhia estreou o seu primeiro espetáculo de teatro de bonecos “Conta Gota, Histórias D’Água”. Tratando da temática da água, a peça obteve grande sucesso de público e crítica ao abordar refletir sobre relacionamento abusivo, empoderamento feminino e questões existenciais dentro do universo infantil.

Em 2019, aprofundando-se cada vez mais sobre as questões existenciais, a KHAOS estreia seu sétimo espetáculo: “Sr. Clandestino”. Abordando questões de física quântica, cosmogonia, existencialismo, niilismo e absurdismo, este espetáculo de teatro de rua traz em cena um cientista advindo de uma dimensão steampunk que tem que tomar uma difícil decisão sobre a humanidade.

Além disso, a Companhia tem seu próprio canal no youtube, onde além de informações e vídeos sobre seus espetáculos, desenvolve também um programa “Biotônico Cultural” e “Girl Power”, onde são compartilhadas reflexões sobre o mundo da arte. O primeiro, a partir da perspectiva da produção, economia da cultura e políticas culturais, o segundo a partir do empoderamento feminino.

Fique à vontade para conhecer um pouco mais sobre nosso trabalho e entrar em contato. Esperamos que nestas espontâneas imprevisibilidades que o caos traz, possamos nos encontrar para celebrar a arte juntos!

© 2014 by Denisson Beretta Gargione

  • w-facebook
  • Twitter limpa
  • Instagram - White Circle
  • YouTube Limpa